Home Informações Antonio di Pietro: “Porque não se cria uma lei internacional de boicote aos offshores?”

Antonio di Pietro: “Porque não se cria uma lei internacional de boicote aos offshores?”

by Mauro
0 comment

Antonio di Pietro liderou a investigação ‘Mãos Limpas’, marco na história jurídica e política italiana, e acabou por abraçar a carreira política. Numa entrevista conjunta, à margem das Conferências do Estoril, falou sobre a herança da mega-operação e da importância do combate à corrupção.

Para que serviu a operação “Mãos Limpas” em Itália? Porque é que não teve continuidade?

A “Mãos Limpas” foi simplesmente uma investigação judicial sem qualquer finalidade politica, embora eu tenha sido acusado de a fazer para fins políticos e que fui autorizado por serviços secretos estrangeiros. Na realidade, acabei por fazer apenas o meu dever. Permitiu descobrir aquilo que era possível descobrir. Mas todos os dias há guardas e ladrões, e portanto uma investigação nunca tem fim. Em Itália, após a investigação “Mãos Limpas” surgiram mais investigações para descobrir diariamente aquilo que acontece. E o mesmo está a acontecer noutros países. O facto de se descobrir um crime não é algo mau, o mau é os crimes acontecerem. O facto de noutros países se descobrir que a política muitas vezes tem corrupção é algo bom, é um bom exemplo que o meu país deu também aos outros.

Também poderá ver

Leave a Comment